Dia Mundial da Saúde 2018 – “Saúde Universal: para todos, em todos os lugares!”

07 abr
0 comentários

A Organização Mundial da Saúde (OMS) foi fundada com base no princípio de que todas as pessoas devem ser capazes de realizar seu direito ao mais alto nível possível de saúde. “Saúde para todos” tem sido, portanto, a visão orientadora da OMS por mais de sete décadas. É também o ímpeto por trás da campanha atual do “Dia Mundial da Saúde”, em toda a organização, cujo objetivo é apoiar os países na transição para a Cobertura Universal de Saúde. A experiência tem demonstrado, repetidamente, que a Cobertura Universal de Saúde é alcançada quando a vontade política é forte.

Portanto, neste 70º aniversário, a OMS está pedindo aos líderes mundiais que cumpram as promessas que fizeram quando concordaram com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, da ONU, em 2015, e se comprometam com medidas concretas para promover a saúde de todas as pessoas. Isso significa garantir que todos, em qualquer lugar, possam acessar serviços essenciais de saúde de qualidade sem enfrentar dificuldades financeiras.

A Organização manterá um foco de alto perfil na “Cobertura Universal de Saúde” por meio de uma série de eventos até 2018, começando no Dia Mundial da Saúde em 7 de abril, com conversas globais e locais sobre maneiras de alcançar a saúde para todos.

O tema do Dia Mundial da Saúde 2018 é: Cobertura universal de saúde: todos, em todos os lugares.
O slogan é “Saúde para Todos”.
A hashtag principal que estamos usando é #SaúdeParaTodos, mas procure por postagens usando #DiaMundialdaSaúde também.

Por que a cobertura universal de saúde é importante?

Os países que investem na cobertura universal de saúde fazem um investimento sólido em seu capital humano. Nas últimas décadas, a cobertura universal de saúde surgiu como uma estratégia fundamental para progredir em direção a outros objetivos de desenvolvimento mais amplos e relacionados à saúde. O acesso a cuidados essenciais de qualidade e proteção financeira não apenas aumenta a saúde e a expectativa de vida das pessoas, mas também protege os países contra epidemias, reduz a pobreza e o risco de fome, cria empregos, impulsiona o crescimento econômico e aumenta a igualdade de gênero.

O que o Dia Mundial da Saúde pode fazer?

Alguns países já fizeram progressos significativos no sentido da cobertura universal de saúde. Mas, metade da população mundial ainda não consegue obter os serviços de saúde de que precisa. Se os países quiserem atingir a meta dos “Objetivos de Desenvolvimento Sustentável”, mais um bilhão de pessoas precisam se beneficiar da cobertura universal de saúde até 2023. O Dia Mundial da Saúde irá destacar a necessidade da cobertura universal de saúde – e as vantagens que ela pode trazer. A OMS e seus parceiros compartilharão exemplos de medidas a serem tomadas para chegar até lá por meio de uma série de eventos e conversas realizadas em vários níveis. Como nosso Diretor-Geral disse: “Ninguém deveria ter que escolher entre morte e dificuldades financeiras. Ninguém deveria ter que escolher entre comprar remédios e comprar comida. ”

Ao longo de 2018, pretendemos inspirar, motivar e orientar as partes interessadas para assumirem compromissos com a cobertura universal de saúde:

Inspire – destacando o poder dos decisores políticos para transformar a saúde da sua nação, enquadrando o desafio como excitante e ambicioso, e convidando-os a fazer parte da mudança.

Motive – compartilhando exemplos de como os países já estão progredindo em direção à cobertura universal de saúde e incentive os outros a encontrar seu próprio caminho.

Guie – fornecendo ferramentas para o diálogo político estruturado sobre como avançar na cobertura universal de saúde ou apoiando esses esforços em outros países (por exemplo, ampliando a cobertura de serviços, melhorando a qualidade dos serviços, reduzindo os pagamentos diretos).

Referências Bibliográficas

World Health Day. Disponível em <http://www.who.int/campaigns/world-health-day/2018/en/>, acesso em 03/04/2018. Tradução nossa.

Deixar seu comentário