Acolhida do turno matutino com dicas dos bombeiros para o período de férias

30 jun
0 comentários

A acolhida é um dos vários projetos desenvolvidas pela Escola ao longo do ano letivo, com previsão no ‘Projeto Político Pedagógico’. Dentre os objetivos para o ‘projeto acolhida’, estão:

 – Recepcionar e acolher @s alun@s;
– Transmitir informações as/ aos alun@s sobre o tema da semana e datas comemorativas;
– Desenvolver o aspecto socioafetivo das crianças e adolescentes;
– Informar acerca de assuntos pertinentes ocorridos durante a semana;
– Desenvolver a interação d@ alun@ com @s demais alun@s e, também, d@ alun@ com @s professores;
– Desenvolver a prática de ouvir;
– Respeitar a espiritualidade de cada um.

As acolhidas são organizadas tendo em vista os objetivos descritos acima. Quanto à disposição d@s alun@s, se vão estar em pé, sentados, em roda, etc; isso pode variar conforme à proposta e a atração do dia. Há o momento para os avisos pertinentes da semana, das atividades previstas no calendário escolar, a explanação do tema da semana e das datas comemorativas desse período, depois há o momento de espiritualidade, no qual ocorre uma prece espontânea realizada pel@s alun@s, conjuntamente com @s professores, seguidos pela oração do ‘Pai Nosso’, tida como universal por todas as crenças. No final, da acolhida, canta-se uma música para finalizar esse momento de integração da Escola.

Sendo assim, durante essa última semana de aula, véspera das férias de julho, convidamos o senhor Eldimar da Silva Couto, pai d@s alun@s: Nicole Santos Couto, do agrupamento de 04 anos A – Matutino, e, Lucas Santos Couto, do 9º ano A – Matutino; que é bombeiro para dar dicas de segurança as nossas crianças de como se protegerem nas férias, principalmente, nessa época do ano em que o destino de férias de muitos são os acampamentos no Rio Araguaia.

Seguem abaixo as dicas de segurança, nas quais o foco principal está no uso do colete salva vidas, que foi desenvolvido para dar segurança permanente em qualquer atividade aquática, principalmente, em águas naturais, isto é, de rios, lagos, mares:

1º – USE SEMPRE COLETE SALVA VIDAS.
2º – Bancos de areia podem te afundar subitamente. MESMO EM ÁGUAS RASAS, esteja sempre de colete.
3º – Os coletes salva vidas deverão sempre estar em LOCAIS ACESSÍVEIS, com sua localização CLARAMENTE INDICADA.
4º – Respeite a área demarcada de banho.
5º – NÂO PUXE, CORTE, ESCREVA ou ALTERE a estrutura do seu colete salva vidas, ele é projetado e testado para sua segurança.
6º – É OBRIGATÓRIO o uso do colete salva vidas para o condutor e passageiro de moto aquáticas e similares.
7º – NÃO APOIE OBJETOS PONTIAGUDOS e NÃO USE COMO ASSENTO OU ENCOSTO, o colete salva vidas pode perder parte de sua flutuabilidade.
8º – ENSINE AS CRIANÇAS a utilizarem o colete salva vidas. Elas devem estar sempre SOB A SUPERVISÃO DE UM ADULTO RESPONSÁVEL.
9º – Escolha o colete salva vidas DE ACORDO COM SEU PESO E TAMANHO. Sempre há um modelo adequado que o deixe com flutuabilidade estável.

No mais, o senhor Eldimar, falou para as crianças que seguindo as orientações acima, poderão curtir as férias e se divertir muito!

Confira na galeria ao lado as fotos desse momento informativo: http://orientarcentroeducacional.com.br/galeria-de-fotos/acolhida-do-turno-matutino-com-dicas-dos-bombeiros-para-o-periodo-de-ferias.html

Deixar seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.