31ª Mostra Cultural – Ano Letivo 2018

05 out
0 comentários

Nesse ano letivo de 2018, o tema norteador do nosso Projeto Político Pedagógico é: AFETIVIDADE. Entende-se por afetividade, dar atenção àquilo que afeta positivamente ou negativamente um ser vivo.

A maioria das pessoas lembra de alguma forma, como a relação com um ou mais professores marcou sua vida escolar. É simples perceber assim puxando pela memória que uma teia de sentimentos, emoções, sentidos e subjetividades se insere na relação entre professor e aluna(o), determinando a qualidade da escolarização e de processo de aprendizagem. Paradoxalmente, porém, nem sempre é fácil trazer esta percepção à luz, transformando o aspecto afetivo em uma parte consciente e intencional da prática cotidiana em sala de aula.

Trabalhar sobre o vínculo afetivo no contexto escolar como eixo norteador do P.P.P. 2018, fez-se necessário tendo em vista o quão relevante e fundamental é a afetividade para o processo de aprendizagem, principalmente, no tocante à construção de uma relação de qualidade com a(o)s aprendizes, sejam crianças ou adolescentes, e toda comunidade escolar.

Dessa maneira, estabelecer esse vínculo configura um desafio aos educadores. A afetividade no ambiente escolar ganha nova relevância, uma vez que sem outros espaços de convívio e com pais ausentes pelos mais diversos motivos, as crianças e adolescentes chegam à escola com uma carência afetiva cada vez maior. Dentre alguns problemas enfrentados na escola atual como: violência, indisciplina, desmotivação e dificuldade de manter a atenção podem também ter origem na falta de vínculo com o(a) professor(a), e, portanto, poderiam ser minimizados na construção desse vínculo. Os desafios para transformar uma escola meramente racional em uma escola afetiva, porém, ainda são muitos.

Embora, o uso da afetividade não seja sinônimo de sucesso escolar, é essencial para que a(o) aluna(o) dê os passos que é capaz de dar com segurança, mesmo que em princípio isso signifique apenas ir para a escola com mais vontade ou cuidar com mais atenção do próprio caderno. Dependendo da(o) aluna(o), esses ações podem significar, sim, grandes conquistas. E quanto mais o(a) professor (a) estiver habilitado(a) para enxergar essas singularidades, mais rica e consistente tende a se tornar a sua atuação.

Confira nos links abaixo as apresentações que aconteceram durante a 31ª Mostra Cultural da Escola:

31ª Mostra Cultural – Turno Matutino

31ª Mostra Cultural – Turno Vespertino

 

 

 

Deixar seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.